woolfest 1
Eventos

Woolfest 2016 – O Festival da Lã de Campos do Jordão

Vem aí a segunda edição do Woolfest – o Festival da Lã de Campos do Jordão. Assim como na edição de 2015, o evento contará com oficinas de tricô e crochê, apresentações musicais, um bazar artesanal e uma exposição de ovelhas. Além, claro, da decoração especial que irá revestir toda a praça de Capivari, o centrinho de Campos do Jordão, com belíssimas malhas de lã coloridas. O Woolfest 2016 acontece em junho, durante os finais de semana dos dias 11 e 12/06  e 18 e 19/06.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A era de ouro das Malharias

Campos do Jordão viveu uma era de ouro têxtil nos anos 70. A cidade era considerada um polo de excelência em malhas e exportava para todo o país. Dezenas de malharias fizeram muito dinheiro e centenas de famílias se sustentaram, até meados dos anos 80, na onda do status de qualidade atribuído às malhas de Campos do Jordão.  

Maison Genève - A malharia mais tradicional de Campos do Jordão. Desde 1973.

Maison Genève – A malharia mais tradicional de Campos do Jordão. Desde 1973. Clique na imagem para conhecer a loja mais bonita da cidade.

O status era legítimo, a qualidade do acabamento e a riqueza de detalhes bordados à mão encantavam as pessoas. A Maison Genève (empresa-mãe do Boulevard Geneve) na época chamada malharia Genève, era um dos principais expoentes dessa qualidade premium encontrada nos tricots e suéteres de Campos do Jordão.

 A crise das malharias

woolfest

Woolfest 2016 - O evento é uma iniciativa para resgatar a cultura da lã da cidade

A era de ouro das malharias chegou ao fim no início dos anos 90, mas o declínio não se deu devido a uma queda na qualidade ou beleza das malhas. Foi o crescimento das grandes fábricas têxteis em outras regiões do país, nos anos 90, e a investida chinesa no mercado têxtil internacional a partir do ano 2000, que fizeram com que muitas malharias falissem e muitas famílias perdessem sua principal fonte de renda. Como competir com preços tão baixos? Este foi o desafio com o qual muitas malharias de Campos do Jordão não conseguiram lidar. Infelizmente dezenas faliram.

Mas como lidar?

A Maison Genève, por exemplo, se reinventou, agregando à qualidade do acabamento e bordados, o lançamento de peças exclusivas com coleções limitadas de modelos, aliado a materiais modernos e as mais modernas tecnologias de cortes. Foi a inovação que garantiu a sobrevivência da Genève e o que legou à marca nos dias de hoje um lugar de destaque nacional no tocante à moda inverno.

Ineverness - A marca apostou nas meias coloridas bem antes delas virarem moda e irem parar nos pés de artistas como Lulu Santos.

Inverness – A marca apostou nas meias coloridas bem antes delas virarem moda e irem parar nos pés de artistas como Lulu Santos.

Já um outro caminho para contornar a crise, foi o trilhado pela Inverness. Em 1991 a marca inventou um novo segmento para atuar no mercado. A Inverness investiu na fabricação exclusiva de meias escocesas, e com muita criatividade até hoje sobrevive principalmente da venda de de suas divertidas meias coloridas. Uma tendência super em voga atualmente, mas que a marca conseguiu vislumbrar e antecipar há mais de vinte anos.

Retomada Jordanense

Com a atual ascensão da moda “hand made”, com cada vez mais pessoas valorizando produtos feitos à mão, uma tradição das malharias de Campos do Jordão, um grupo de empresários se reuniu com a comunidade tecelã da cidade e criou o Festival Woolfest em 2015. Com foco nos pequenos tecelãos e costureiras, e nas malharias tradicionais da cidade, o festival veio para ficar no calendário de eventos da cidade.

E ainda vai rolar um tear gigante. Clique na imagem para assistir.

Woolfest 2016 – Vai rolar um tear gigante. Clique na imagem para assistir.

Comprando no Woolfest você espanta o frio com estilo e ajuda as famílias tecelãs da cidade

O Woolfest tem caráter social e visa resgatar a tradição das malharias de Campos do Jordão. Várias famílias tecelãs da cidade participam do evento, desde a confecção até a exposição e venda das peças. E o festival também contará com o Circuito da lã, um roteiro especial com malharias que mantêm suas fábricas em Campos, produzindo malhas 100% jordanenses, com mão de obra local. As malharias do bazar colaboram diretamente com a manutenção da tradição da lã em Campos do Jordão, e fornecem trabalho para muitas famílias que ainda resistem e sobrevivem exclusivamente da nobre arte de tecer. Verdadeiros artistas do tricô.

A renda dos souvenirs exclusivos foi toda revertida para as famílias tecelãs do evento.

Woolfest 2016 – A renda dos souvenirs exclusivos será  revertida para as famílias tecelãs do evento.

Woolfest 2016

Então, que venha o Woolfest 2016, uma iniciativa que o Boulevard Geneve abraçou já na primeira edição e que nós torcemos muito para que dê certo. Quem sabe assim resgatarmos a nossa fatia do bolo da lã das mãos do “made in China”, trazendo de volta à cena o prestígio do “Feito Em Campos do Jordão”.  ;)

***

woolfest

Clique no quadro para ampliá-lo

Prestigie!!!

Datas:

11 e 12, 18 e 19 de Junho

Local:

Rua Engenheiro Diogo José de Carvalho

Praça São Benedito (Praça do Capivari)

Vila Capivari – Campos do Jordão

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Padrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>