por do sol felicia
Cultura, Passeios, Verão

Pôr do sol no museu

Quem disse que saudar o pôr do sol é privilégio só de quem está na praia. Em Campos do Jordão existem diversos picos e mirantes nos quais o espetáculo do pôr do sol pode ser apreciado.

por do sol garofalo

Pôr do sol no Museu – Silhueta de visitantes junto à escultura “Horizonte” da artista Felícia Leirner. Foto por Eduardo Garofalo.

Por isso que nós do Boulevard Geneve ficamos super entusiasmados com a programação de janeiro do Museu Felícia Leirner. O museu  em janeiro está promovendo o Projeto Pôr do Sol! Todos os sábados do mês de janeiro, a partir das 18h, uma série de apresentações musicais e performáticas integram a visita ao Mirante do Museu, onde se localiza a escultura “Horizonte” e se avista o belíssimo perfil da lendária Pedra do Baú. O lugar tem um dos finais de tarde mais bonitos de Campos do Jordão, tanto que a gente sempre publica fotos do pôr do sol no museu nas nossas redes sociais. 

por do sol museu

Pôr do sol no Museu – Vista incrível do mirante do Felícia Leirner para a Pedra do Baú. Foto: Keisy Santos Gonzales

Mais que um pôr do sol

Neste sábado, dia 23 de janeiro, a saudação ao crepúsculo será embalada por tambores e flautas. Tochas de fogo e cristais ajudarão a deixar o ambiente  mais mágico e uma dupla de palhaços irá entreter a plateia antes e depois do pôr do sol com intervenções de teatro clown. Vai ser lindo! Prestigie!!!

Ah, a entrada é franca ;)

por do sol museu 2

Pôr do sol no Museu – Se liga nesse final de tarde. Estamos falando que a dica é quente. Chame os amigos ;D

***

Confira a programação do Felícia Leirner para janeiro, clique aqui.

Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1880

Mais informações: www.museufelicialeirner.org.br

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
verão 2
Verão

Visite Campos do Jordão no verão

Quer fugir do calor?

Quer fugir do Carnaval?

Quer se sentir na Europa? 

Visite Campos do Jordão! É sempre essa a resposta da mídia especializada. Já listamos vários motivos para visitar Campos do Jordão no verão. Mas pra fazer a sua cabeça de vez, listamos abaixo três matérias recomendando Campos do Jordão nesta época do ano.

Restaurante Matterhorn

Campos do Jordão – Parece a Europa, mas com hospitalidade brasileira. Bem melhor! :D

Deu na revista EXAME

5 cidades brasileiras que parecem a Europa

Com a desvalorização do real frente ao dólar e com a crise econômica que aterroriza o país, planejar uma viagem para o exterior requer cautela. Mas para quem não abre mão de viajar mesmo em tempos de austeridade, o Brasil é rico de destinos para todos os gostos. Se você desejava, por exemplo, fazer uma viagem para a Europa, mas acha que não é o momento, algumas cidades por aqui lembram muito as cidades do velho mundo e podem ser uma opção mais viável.

Claro que Campos do Jordão entrou na lista ;D

trip advisor blog

Campos do Jordão – Um destino cada vez mais internacional.

Ainda na revista EXAME

12 destinos para fugir do Carnaval

O clima romântico, a gastronomia e a arquitetura que rende o apelido de “Suíça Brasileira” fazem de Campos do Jordão um bom destino não apenas no inverno, como também no Carnaval, principalmente para casais que preferem mais sossego.

Mas a cidade também garante a alegria das famílias. Com longos dias ensolarados, essa época é perfeita para o turismo ecológico e o turismo de aventura.

estações

Campos do Jordão – Inesquecível em qualquer estação do ano.

Do site  Alugue Temporada

5 destinos para fugir do calor

Campos do Jordão é o destino favorito de 9 entre 10 paulistas no inverno. A cidade conhecida como a suíça brasileira, também é uma ótima opção para fugir dos maçaricos e mega agitação das praias do litoral. Em pleno verão é possível jantar e ter uma noite agradável com temperaturas de 13°C. Em janeiro de 2015 o termômetro chegou a registrar 12,2°C.

Só vem! Você vai adorar!!!

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos***

Padrão
corrida lia
Esportes, Eventos

3ª Corrida & Caminhada FLMA

Vem aí mais uma edição da Corrida e Caminhada da Fundação Lia Maria Aguiar. O evento é uma excelente oportunidade para confraternizar com os demais atletas amadores de Campos do Jordão e turistas que passam as férias de fim de ano na cidade. De quebra você ainda manda embora algumas calorias da ceia de natal. Vamoaê?! É sábado, dia 27 de dezembro.

corrida e caminhada

3ª Corrida e Caminhada Fundação Lia Maria Aguiar

Confira abaixo como participar.

Modalidades:

CAMINHADA 3KM R$ 30,00

CORRIDA 5KM R$ 50,00

CORRIDA 10KM R$ 50,00

Obs: Ao todo são 400 vagas para todas modalidades. O percurso inclui trilhas da região.

QUANDO:

DATA: 27/12/2015

CONCENTRAÇÃO: 08H00

LARGADA: 09H00

QUEM PODE PARTICIPAR:

Caminhada: livre para todas as idades. Menores de 16 anos precisam estar acompanhados por um adulto responsável.

Corrida: apenas maiores de 16 anos

 INSCRIÇÕES:

Pelo site www.minhasinscricoes.com.br até o dia 23/12

No dia 26/12, das 10h às 17h, na Fundação Lia Maria Aguiar, juntamente com a retirada dos kits.

Av. Vitor Godinho, 455 – Vila Capivari – Campos do Jordão/SP

* Maiores de 60 anos têm 50% de desconto. O site cobra uma taxa de R$ 4,50 por inscrição.

RETIRADA DOS KITS:

No dia 26/12/15, das 10h00 às 17h00, na Fundação Lia Maria Aguiar, Av. Vitor Godinho, 455 Capivari – Campos do Jordão/SP.

No dia e local da prova, das 08h00 ás 08h30.

Será necessário apresentar um documento com foto (RG/CNH) e o comprovante de pagamento da inscrição.

Corrida e Caminhada

3ª Corrida e Caminhada Fundação Lia Maria Aguiar

 MAIS INFORMAÇÕES:

(12) 3663-4293 / (12) 3663-4658

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
ESQUILO
Natureza

Esquilos e Campos do Jordão

Esquilos são os gatos de Campos do Jordão. Não entendeu nada ne? Calma, eu explico. Sabe essa adoração por gatos que existe na internet? Com virais e memes em vídeo e gifs de gatos fazendo todo tipo de estripulias? Então, as pessoas são loucas por gatos. Para se ter uma ideia, gatos são um dos temas mais buscados e seus vídeos estão entre os mais vistos da internet. Por que? Porque gatos são fofos. Mas esquilos são mais. Pelo menos para quem mora ou visita Campos.

Em Campos todo mundo é loucos por esquilos.

Fofura que enlouquece - Em Campos todo mundo é louco por esquilos. Cuidado, você também vai ficar.

Em Campos do Jordão é comum ver pessoas encarando árvores por longos períodos, fascinadas com o vai e vem ágil dos bichinhos. Tipo quem passa horas em frente ao computador vendo vídeos com as “artes” dos bichanos. Mas sem entrar num debate sobre qual bicho é mais apaixonante, certo é que impossível não se encantar pelos esquilos de Campos do Jordão.

"Gatos? Sério mesmo que você está me comparando com gatos? Senta aqui, não tem nem comparação. Em termos de fofura, esquilo é hors concours".

“Gatos? Sério mesmo que você está me comparando com gatos? Senta aqui, vamos conversar. Não tem nem comparação. Em termos de fofura, esquilo é hors concours”.

Esquilos <3

Esquilos são animais presentes na maior parte do mundo e estão à salvo da extinção. Séculos de evolução lhes legaram uma habilidade para sobreviver em diferentes condições de clima. Mas desde que rodeados por florestas. É difícil observar um próximo de centros urbanos. Pelo menos no tocante a maioria das espécies de esquilos. E por serem ariscos, é raro vê-los dando mole perto de grandes grupos de humanos.

Nascido para ser meme - "Cute cats, Funny cats... aff quando é que vocês humanos vão se tocar e espalhar a minha boniteza na internet.."

Nascido para ser meme – “Cute cats, Funny cats… aff quando é que vocês humanos vão se tocar e espalhar a minha fofura na internet?”

Esquilos concierges

Os esquilos de Campos do Jordão são do tipo europeu, tem aquela cauda longa, bonitona. São diferentes dos esquilos da espécie tâmia, bastante comum nos Estados Unidos, que tem a cauda menorzinha e vivem em centros urbanos (foram estes que inspiraram o desenho Tico e Teco). Mas em Campos do Jordão a proximidade do seu habitat natural com a cidade tornou os esquilos europeus mais simpáticos. Isso porque toda a cidade é margeada pela mata atlântica da Serra da Mantiqueira. Os esquilos de Campos do Jordão são mais desinibidos e estão sempre atentos a movimentação das pessoas.

Muitas pousadas, hotéis, parques e casas de Campos do Jordão brindam seus hóspedes com a observação de esquilos. Os animaizinhos andam livremente pelos bosques e dão as boas vindas aos turistas.

Esquilo por

Esquilo por Jacques Lepine

Serelepes

A desenvoltura dos esquilos se dá, sobretudo, aos pés das araucárias. Fãs de florestas de coníferas, os esquilos encontram nas matas de pinhais de Campos um verdadeiro oásis de comida. E o banquete de pinhas e pinhões influencia até na sua cor, por isso muitos os conhecem como esquilos vermelhos.

Esquilo vermelho, Serelepe, tanto faz... o importante é ser fofo.

Esquilo vermelho, Serelepe, tanto faz… o importante é ser fofo.

E não fique confuso caso escute algum morador local se referir a eles como “serelepes”, pois é sobre os esquilos que ele está falando. Campos do Jordão tem uma grande população oriunda das áreas rurais da cidade, e nestas áreas os esquilos são chamados de Serelepes.

Não alimente os esquilos

Esquilos são comilões. Como seus dentes não param de crescer estão sempre em busca de algo para mastigar.

Esquilos são comilões. Como seus dentes não param de crescer estão sempre em busca de algo para mastigar.

Assim como o esquilo Teco, do desenho Tico & Teco, esquilos são “fominhas”. Possivelmente eles comerão de tudo que lhes for oferecido. Muitas pousadas até deixam comida para os esquilos, mas sempre frutas, vegetais e sementes. Tudo que fuja disso não é bom. Mas essa prática de alimentá-los não é incentivada aos turistas.

Fruta pode!

Fruta pode! Mas melhor não dar nada, ok?

Alimentos industrializados podem lhes fazer mal, e o hábito de alimentá-los pode deixá-los mal acostumados, bem como desequilibrar o meio ambiente em que vivem. É importante que eles mantenham sua autonomia de buscar alimentos nas matas, e fazendo isso eles também agem como mantenedores da natureza, pois muitas vezes enterram sementes e as esquecem, e então um novo pinheiro surge. O que legará alimento (o pinhão) para as futuras gerações de esquilos e moradores de Campos.

Se liga na habilidade pra comer um pinhão com casca e tudo.

Se liga na habilidade pra comer um pinhão com casca e tudo.

Fora isso, dar de comer a um esquilo também pode culminar em um arranhão ou mordida. Esquilos são fofos, mas assim como os gatos, às vezes são meio ríspidos. E são selvagens, por isso nada de pensar em levar um para casa. Se for para levar algo dos esquilos para casa que sejam fotos e boas lembranças. Combinado? ;D

O amor está noa ar - Primavera e verão são as estações nas quais os esquilos namoram. E você sabe como Campos do Jordão combina com namoro ne?! <3 Faça como os esquilos escolha Campos como destino romântico também nos meses mais quentes. É uma delícia. Palavra de esquilo.

O amor está no ar – Primavera e verão são as estações nas quais os esquilos namoram. E você sabe como Campos do Jordão combina com namoro ne?! Faça como os esquilos, escolha Campos do Jordão como destino romântico mesmo nos meses mais quentes. É uma delícia. Palavra de Serelepe.

***

OFERECIMENTO

cabeçalho wordpress

***

Padrão
zoom bike park Campos do Jordão
Aventura, Esportes

Novo Zoom Bike Park!!!

Zoom Bike Park

O Zoom Bike Park está de casa nova. Considerado um dos melhores bike parks para mountain bike do país, o Zoom bike park mudou de endereço, mas manteve a qualidade com os saltos e paredes de madeira que fizeram a fama de suas trilhas em São Bento do Sapucaí. Os bikers trilheiros agora encontram o Zoom bike park dentro do Rancho Santo Antônio, no Horto Florestal de Campos do Jordão.

 

Sobre as trilhas

O Novo Zoom Bike Park conta com mais de 20 km de single tracks em 17 trilhas que atendem do iniciante ao experiente. Há trilhas para as modalidades All Mountain e XC, com direito a curvas em paredes de madeira, muita terra e pequenos saltos. Todas as trilhas foram desenhadas, construídas e sinalizadas para a prática do Mountain Bike conforme recomendações da IMBA, International Moutain Bicycling Association.

Zoom Bike Park - Os famosos paredões de madeira.

Zoom Bike Park – Os famosos paredões de madeira.

Diversão além das bikes

Quem não pedala também pode ir. A nova casa do Zoom Bike Park, o Rancho Santo Antônio, conta com atividades ao ar livre como arvorismo, paintball e passeios a cavalo. Além disso os visitantes também tem à disposição a casa Rango no Rancho, com restaurante e lanchonete.

Clique na imagem para acessar o mapa das trilhas, bem como vídeos dos trajetos.

Clique na imagem para acessar o mapa das trilhas, bem como vídeos dos trajetos.

Iniciantes também tem vez

O pessoal do Zoom Bike Park além das trilhas para iniciantes também está com uma série de vídeos muito bacana com dicas de pilotagem para quem ainda está se adaptando ao mundo mountain bike. Confira abaixo alguns dos vídeos antes de cair nas trilhas.

Bom pedal pra você!!! 

***

Confira os dias de funcionamento e valores dos tickets de acesso as trilhas nos links:

www.zoombikepark.com.br

facebook.com/zoombikepark

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
Amantikir
Fotografia, Natureza, Passeios

Colheita Fotográfica

O Parque Amantikir acaba de completar 8 anos, e para comemorar a data foi lançado o projeto “Colheita Fotográfica”. A iniciativa colaborativa visa eternizar os jardins do parque pelos olhares dos frequentadores. Até o dia 18 de setembro o Amantikir irá selecionar fotografias enviadas por fãs do parque. O resultado será um livro especial com as melhores fotografias clicadas pelos visitantes.

Jardins que falam

Campos do Jordão tem vocação para o paisagismo, clima e solo são amistosos para diferentes espécies de plantas e flores. Walter Vasconcellos, o Dr. Garden, durante muitos anos criou belíssimos trabalhos para clientes de Campos do Jordão. Mas algo sempre lhe incomodou, o fato dos belos jardins ficarem reservados apenas a vida privada dos clientes. Walter tinha um sonho: criar um jardim aberto ao público, para que todos que visitam Campos do Jordão pudessem conferir o quão rica a cidade é para a arte do paisagismo. Um lugar que legitimasse a fama de Campos enquanto Jardim do Brasil.  Então em 2007, Walter deu vida ao Amantikir, um lugar mágico da cidade no qual cada jardim conta uma história e cada planta tem seu encanto. Ou como o próprio Walter gosta de falar, um lugar de “Jardins que falam”.

Sobre a colheita

No Parque Amantikir, a colheita de flores e plantas não é permitida. Nossos visitantes conseguem perpetuar a beleza expressa nos jardins através do registro fotográfico. Assim podem eternizar as formas e cores sem retirá-las do espaço, tornando-as tangíveis, e podendo ampliar a experiência através do compartilhamento nas redes sociais. E essa foi a forma escolhida para celebrar os 8 anos do Parque. Através de uma colheita fotográfica. Venha participar de nossa colheita e nos ajude a eternizar, através de seu ponto de vista, as diversas nuances que o parque apresenta. Será uma grande celebração.

Amantikir reúne 22 jardins inspirados em 12 países diferentes e foi considerado o melhor passeio turístico de Campos do Jordão pelo site TripAdvisor.

Amantikir reúne 22 jardins inspirados em 12 países diferentes e foi considerado o melhor passeio turístico de Campos do Jordão pelo site TripAdvisor.

Inscrições:

até 18 de setembro

www.jardinsquefalam.com.br

***

Mais informações:

www.parqueamantikir.com.br

facebook.com/amantikirgarden

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste_______________________________________________

assinatura BG

Padrão
DESTINO DE INVERNO blog
Reportagem, Supernovas

Campos do Jordão é o melhor destino de inverno

O jornalista carioca João de Sá, nos anos 50, eternizou o verso “Campos do Jordão, ‘jóia’ do alto da serra”, no hino oficial que compôs para a cidade. Correm pouco mais de 60 anos, o ano é 2015 e o maior jornal do país, a “Folha de São Paulo”, encerra uma elogiosa matéria, na qual Campos é apresentada como o melhor destino de inverno do país, com a seguinte frase: “A pouco mais de duas horas de São Paulo, Campos é uma pequena joia na Serra da Mantiqueira”.

Campos do Jordão - O melhor destino de inverno do Brasil.

Campos do Jordão – O melhor destino de inverno do Brasil.

Muitas coisas mudaram nos últimos 60 anos no mundo, até mesmo a palavra joia perdeu o acento, mas Campos do Jordão não perdeu o brilho e segue encantando os brasileiros. Na matéria da Folha, Campos do Jordão foi apontada como o melhor destino de inverno pelos paulistanos segundo pesquisa do prestigiado instituto DataFolha. Mas antes que os paulistanos sejam acusados de bairrismo, a matéria de saída já justifica o título “Campos do Jordão é o melhor destino de inverno”, com a constatação:

“Não por acaso, os paulistanos elegeram Campos do Jordão seu destino favorito de férias de inverno. É bom que se diga que não estamos sozinhos nessa escolha: a cidade atrai visitantes de muitas outras regiões, todos em busca do charme local e do clima europeu.”

Clique na imagem para ler a reportagem da Folha na íntegra. pS: Está recheada de dicas ;D

Clique na imagem para ler a reportagem da Folha na íntegra. PS: Está recheada de dicas ;D

Felicidade define o sentimento do Boulevard Geneve em fazer parte desse encanto que salta aos olhos de tantas pessoas. É um orgulho sem tamanho fazer parte desse brilho.  Ser um pedacinho dessa *JOIA* chamada Campos do Jordão. Que como os bons vinhos, mesmo com o passar dos anos, só melhora!

Campos de todas as estações

estações

Campos brilha em todas estações :D

Mas fica a dica, nas outras estações do ano Campos do Jordão também faz bonito. Na primavera Campos se transforma no Jardim do Brasil. Nosso verão é ensolarado, mas fresquinho! E o outono é outra primavera, mas na qual cada folha é uma flor, tamanha a beleza da paleta de cores que o espetáculo do cair das folhas dos plátanos e dos liquidâmbares dão. Outono, inverno, primavera ou verão. Campos do Jordão brilha em qualquer estação. ;D

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste_______________________________________________

assinatura BG

Padrão
outono blog
Natureza

Outono em Campos do Jordão ou Perdeu, Camus!

Ahhhhh o Outono!!!

O escritor Albert Camus certa vez escreveu que o outono é como uma outra primavera, onde cada folha é uma flor. Nascido na Argélia e radicado na França, Camus se encantava com o espetáculo da estação que precede o inverno.

Perdeu, Camus!

E Camus visitou o Brasil no final dos anos 40. Diante de um país tropical talvez nem tenha passado pela sua cabeça que aqui poderia encontrar um outono colorido como o de sua terra natal. Uma pena o dramaturgo Oswald de Andrade, seu anfitrião na ocasião, não o ter levado para conhecer Campos do Jordão, o escritor certamente ficaria maravilhado com a beleza do outono jordanense.

11206841_962134083805054_2337255853507577983_o

Outono: A estação mais bonita

Em Campos do Jordão, Camus encontraria toda a cartela de cores que admirava, uma cartela aqui de responsabilidade principalmente dos plátanos e dos liquidambares da cidade, que juntos respondem por uma luz muito bonita que faz a alegria dos entusiastas da fotografia.

Se liga na paleta de cores - A estrada de Ferro de Campos do Jordão é toda margeada por plátanos, um símbolo da cidade.

Se liga na paleta de cores – A Estrada de Ferro de Campos do Jordão é toda margeada por plátanos, um símbolo da cidade.

Em Campos a coloração das folhas no outono impressiona. Do verde vibrante da primavera e do verão as folhas se transformam em diferentes tons de amarelo, rosa, vermelho e marrom, até cederem ao frio do inverno. Mas enquanto não caem dão show, independente do dia. Sob dias claros são de uma beleza ímpar, radiantes, mas mesmo nos dias fechados e cinzas, garantem uma atmosfera especial, bastante bucólica e romântica.

Olha o Russo* – Campos do Jordão em um dia frio de outono. *Jordanenses mais antigos se referem aos dias fechados como russo.

Camus perdeu, mas você não vai ficar fora dessa, vai?

O outono em Campos do Jordão é inspirador. Lindas paisagens e um friozinho delícia. Hoje, dia 20 de maio, mínima de 9°C máxima de 16°C. E no dia 16 de maio, Campos foi de novo o lugar mais frio do Brasil, com 4,2°C registrado na madrugada. E sim, com direito a geada. 

Não deixe de visitar Campos do Jordão no outono. Seus olhos agradecem!

Vibrante - O Liquidâmbar começou a ser plantado em Campos do Jordão nos anos 60, no Horto Florestal.

Vibrante – O Liquidâmbar começou a ser plantado em Campos do Jordão nos anos 60, no Horto Florestal.

Horto_Florestal-GIL_RENNO

O Grande Teatro – No Horto Florestal o espetáculo do outono é garantido.

***

bônus: Confira uma matéria da revista Época sobre as imagens do outono jordanense. Clique aqui ou na imagem abaixo.

época

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
semana do ecoturismo blog
Aventura, Natureza, Rolê Econômico, Roteiros de Aventura

Semana da Aventura e do Ecoturismo de Campos do Jordão

O turista que visitar Campos do Jordão neste final de semana e for fã de adrenalina e contato com a natureza irá se deparar com uma ótima surpresa. As principais operadoras de turismo ecológico e de aventura da cidade se reuniram para promover a 1ª Semana da Aventura e do Ecoturismo de Campos do Jordão.

10847817_1091796417513975_2897653558226314048_nAs empresas participantes da Semana da Aventura e do Ecoturismo de Campos do Jordão estão oferecendo descontos de até 60% em suas atividades. Os preços promocionais podem ser aproveitados até domingo, dia 29 de março.

Confira abaixo as empresas participantes e as atividades que estão com descontos especiais.

Semana da Aventura e do Ecoturismo de Campos do Jordão***

Mais informações nos links abaixo:

Altus | Aventura no Rancho | Batalha no Rancho 

Tênis Clube |  Flores que Voam | Passeios na Natureza 

Tarundu | Zoom Aventura

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste_______________________________________________

assinatura BG

Padrão
mellos
Passeios, Ponto Turístico, Roteiro Família

Conheça o Vale dos Mellos em Campos do Jordão

“Acaba não mundão” talvez tenha sido isso o que pensou o lavrador mineiro José Joaquim de Mello na primeira metade do século XIX quando deixou a cidade mineira de Itajubá para morar com sua família num bonito vale em meio a serra da Mantiqueira a 50 quilômetros de distância de sua terra natal. Afinal, foi uma ótima troca. Mello havia encontrado um lugar de natureza intocada e exuberante, clima ameno e água em abundância. Uma terra boa para se plantar e boa para se viver. Um paraíso na serra. E é por essa descoberta que Mello dá nome a um dos destinos de turismo rural mais bonitos do Brasil, o Circuito Turístico dos Mellos, em Campos do Jordão.

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

É Campos do Jordão, mas podia ser Minas

O Bairro rural dos Mellos foi fundado antes mesmo da cidade de Campos do Jordão. Muito provavelmente quando o mineiro Mello se mudou para as terras que hoje carregam seu nome não imaginava estar em São Paulo. A época não era de convenções geográficas, e a comunidade que se formou nos anos seguintes no bonito vale descoberto por Mello foi composta, sobretudo, por mineiros. E os mineiros que para o bairro dos Melos vieram trouxeram consigo a riqueza da cultura da roça, com seus costumes e tradições. E é com isso que o turista que vem a Campos do Jordão se depara ao visitar o Bairro dos Mellos: um pedacinho de Minas em meio a badalada cidade serrana.

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Vai diminuindo a cidade… Vai aumentando a simpatia… Quanto menor a casinha…  Mais sincero o bom dia.

Pato Fu em Simplicidade

No bairro dos Mellos o turista é transportado para um clima de pasmaceira, tranquilidade e gentileza. Cerca de 60 famílias vivem no local e a maior parte das pessoas sobrevive da roça e de serviços prestados para empreendimentos turísticos e sociais do bairro.

A simpática igrejinha do Bairro dos Mellos.

A simpática igrejinha do Bairro dos Mellos.

Os "Mellos" em dia de festa.

Os “Mellos” em dia de festa.

Escolas inovadoras, gastronomia de roça e um hotel símbolo do pós luxo

Atualmente a natureza do vale dos Mellos convive em harmonia com diversos empreendimentos. Em comum todos compactuam pela sustentabilidade, na busca de causar o menor impacto possível ao meio ambiente e à maneira de viver das famílias da região.

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bem no coração do Vale dos Mellos encontra-se a Fundação Raulston Semler. A fundação mantém no bairro a sede da administração de um projeto inovador em educação, as escolas Lumiar (localizadas no bairro do Lajeado, da cidade vizinha Santo Antônio do Pinhal), e também promove regularmente cursos gratuitos de capacitação profissional e ambiental para a população local.

Hotel Botanique, Campos do Jordão-SP

Hotel Botanique, Campos do Jordão-SP

Onde ficar? Na área da hotelaria existem diversas opções de pousadas e sítios por todo o vale. E desde 2012 o bairro dos Mellos abriga o Hotel Botanique. Um ícone do chamado pós-luxo e um dos hotéis mais caros do Brasil.

Gastronomia de roça - Fachada do restaurante Empório dos Mellos.

Gastronomia de roça – Fachada do restaurante Empório dos Mellos.

Deu fome? A culinária caipira do bairro está bem representada pelo Empório dos Mellos, um restaurante que reinventa pratos típicos caipiras, praticando o que eles chamam carinhosamente de gastronomia de roça. Já para os paladares mais sofisticados existe o Restaurante Mina, que só trabalha com ingredientes naturais e 100% brasileiros, direto das florestas e campos para a mesa. E tem mais. O tradicional alfajor Das Senhoritas também é “made in Mellos”, onde a comunidade de mulheres cafh que produz os chocolates está baseada. E o mel Api-Levy, o melhor da Serra da Mantiqueira e um dos melhores do Brasil, também é produzido por lá (O apiário Api-Levy é aberto a visitações e o mel é vendido apenas na loja conceito da marca localizada dentro do sítio que abriga o apiário).

Área externa do restaurante Mina

Área externa do restaurante Mina

Despedida de ouro

Mellos - Sorvetes Eisland

Fazenda Eisland – Gelatos Premium

Agora, pra terminar nosso passeio aos Mellos, como dizem os locais, nada como uma visita à fazenda Eisland. Localizada na antiga Estrada dos Mellos, geograficamente a fazenda pertence a Santo Antônio do Pinhal, mas regionalmente ela também é um “Mello”, tamanha a proximidade com o bairro. É na fazenda Eisland que o turista pode terminar a tarde provando o melhor sorvete artesanal da serra, um gelato premium tipo italiano (produzido com geleias caseiras e creme de leite das vacas Jersey da própria fazenda).

Mellos - Sorvetes Eisland

Fazenda Eisland – Gelatos Premium

Assim fechamos com chave de ouro nossa visita ao vale dos Mellos, um lugar tão especial que depois de visitado uma vez vai te fazer ir embora pensando em voltar sempre para esse pedacinho de Minas em Campos do Jordão.

Turismo rural - Vista do empório dos Mellos.

Turismo rural – Vista do empório dos Mellos.

Epílogo rural

Campos do Jordão pertence ao estado de São Paulo, mas por muito pouco, um “tirim”, como dizem os mineiros não fica em Minas. A cidade fica a poucos quilômetros do sul de Minas Gerais e o dna mineiro está no sangue de grande parte da população. Talvez isso explique a hospitalidade e simpatia do povo jordanense, algo que levou a cidade ao ranking das dez cidades sul-americanas mais bem avaliadas e procuradas no site Tripadvisor, hoje a maior referência em destinos turísticos na internet.

***

Como chegar:

O pessoal do Empório dos Mellos bolou um mapa para ajudar os turistas a chegar no bairro.

O pessoal do Empório dos Mellos bolou um mapa para ajudar os turistas a chegar no bairro.

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Padrão