Maison Genève Blog
Compras, gastronomia, Passeios, Ponto Turístico

Maison Genève: A loja mais bonita da cidade

A tranquila Vila Jaguaribe em Campos do Jordão é cortada pela Avenida Januário Miraglia, principal via de acesso ao centro turístico de Campos do Jordão, e na altura do número 3260 os turistas são surpreendidos por um castelo todo coberto de flores. Trata-se do castelo da Maison Genève, a malharia mais tradicional de Campos do Jordão, e que atualmente abriga a loja mais bonita da cidade.

Maison Genève - Campos do Jordão

Maison Genève – Campos do Jordão

Fundada em 1973 a Maison Genève sempre encantou os clientes que visitavam suas lojas pela decoração acolhedora que faz com que a maioria das pessoas se sintam em casa. Uma ida à loja sempre foi considerada por muitas famílias como um programa familiar que agradava todos, até mesmo os pequenos. Que o diga o saudoso escorregador gigante da antiga loja da Vila Capivari que fazia a alegria das crianças enquanto os pais compravam, tomavam um café, ou folheavam jornais e revistas. E esse cenário de reunião de família nos últimos anos ganhou ainda mais força  com a abertura da loja da Vila Jaguaribe.

Maison Genève - Na loja nem as árvores passam frio.

Maison Genève – Na loja nem as árvores passam frio.

Estilo com algo a mais

A loja mais recente da Maison Genève nasceu em 2011 com o intuito de ser uma concept store da marca. Hoje, passados pouco mais de quatro anos, o prédio da loja nova se tornou um dos endereços mais fotografados de Campos do Jordão. Tanta atenção do público levou os donos da marca a fecharem a loja da Vila Capivari e concentrar toda a sua atenção na loja nova. A qualidade e o bom gosto da Genève, considerados um dos principais motivos da fama das malhas de Campos, por si só já era de se imaginar atrairiam visitantes ao local, mas essa qualidade e bom gosto nos últimos anos foi levada a outros patamares com a nova Maison Genève. O lugar mais do que uma loja se apresenta como um espaço de excelência em estilo que combina arquitetura, decoração, moda e gastronomia.

Uma das bicicletas coloridas da Maison Genève. Um símbolo da nova fase da marca.

Uma das bicicletas coloridas da Maison Genève. Um símbolo da nova fase da marca.

A vocação do espaço para “algo a mais” se deu desde a abertura. Cada cantinho da loja conta uma história e foi cuidadosamente decorado. Diante da Maison Genève cada ângulo revela algo. A fachada do prédio, com suas torres medievais impressiona e conquista pela lembrança de contos de fadas. Já as trepadeiras e flores compõem um bonito painel paisagístico natural que agasalha todo o prédio. E falando em agasalho, até as árvores em frente à Maison Genève são revestidas com belíssimos tecidos coloridos. Um colorido que também cobre todos os vasos de flores e as simpáticas bicicletas coloridas espalhadas em volta do prédio, um símbolo da loja, e alvos prediletos dos flashes de turistas e moradores.

Maison Genève -  Desde 1973, um marco da história das malharias de Campos do Jordão.

Maison Genève – Desde 1973, um marco da história das malharias de Campos do Jordão.

Do lado de dentro as vitrines são uma atração a parte, um trabalho de arte que coloca a Maison Genève em pé de igualdade com as vitrines mais bonitas do mundo. Já no interior da loja as peças das marca Genève dividem o espaço com objetos vintage que vão desde máquinas antigas de costura à malas, guarda-chuvas, máquinas registradoras, e até uma tábua de passar roupa. Tudo convive harmonicamente, combinando o sóbrio das roupas da marca com o espírito de leveza pregado pela mesma. O que dá espaço para brincadeiras de decoração que jogam o astral de quem visita a loja pra cima, como o parquinho infantil, o relógio em formato de cabeça de vaca, uma parede ilustrada com um poema de Fernando Pessoa e o Sans Souci, o espaço gastronômico da Maison Genève.

Maison Genève - Manequins de flor.

Maison Genève – Manequim de flor.

Sans Souci Café

Localizado nos fundos da Maison Genève, o Sans Souci (que em francês significa “sem preocupação”) foi idealizado pela chef Ornella Padovan, filha dos proprietários da Genève, que em 2011 aproveitou um espaço da nova Maison recém inaugurada para dar vazão a suas criações culinárias.

Sans Souci - Campos do Jordão

Sans Souci – Campos do Jordão

O Sans Souci é decorado com uma lousa no melhor estilo das brasseries francesas. A arte dos menus é pintada à mão, cafés e chás são servidos em xícaras de diferentes nacionalidades, pôsteres retrô cobrem uma parede, vasos de flores são revestidos com tricot colorido e os encostos e pés das cadeiras são decorados com retalhos da malharia. E o bacana é que foi a própria Ornella junto de sua mãe, Paula, que decorou tudo, reaproveitando as sobras da malharia para dar vida ao interior e à charmosa área externa.

Tamanho cuidado com os detalhes e a qualidade dos produtos e do serviço prestado resultou num ambiente despojado e encantador que combinado com a qualidade do café e dos doces exclusivos levou o Sans Souci a ser premiado como o melhor Café de Campos do Jordão pela revista Veja Comer & Beber, edição Vale & Montanha 2013 e 2014.

Sans Souci - Campos do Jordão

Sans Souci – Campos do Jordão

Sans Souci Bistrô

Em 2015 o Sans Souci ampliou seu espaço dentro da loja Maison Genève, com a implantação do Sans Souci Bistrô. E o restaurante que nasceu sob a mesma linha de trabalho iniciada pelo Café, vem encantando os clientes antes, durante e depois das refeições.

Sans Souci - Premiado pela Veja Comer & Beber e Top 10 no TripAdvisor.

Sans Souci – Premiado pela Veja Comer & Beber e Top 10 no TripAdvisor.

Fazendo jus ao nome da casa foi recrutado o chef Thiago Fegies, com passagem por grandes restaurantes como o EAU do Hotel Grand Hyatt SP, que trouxe a filosofia do movimento slow food para a cozinha do Sans Souci. Uma ideia que casou perfeitamente com o “sem preocupação” que dá nome ao restaurante e que pode ser notada pelo frescor dos legumes, verduras e hortaliças cultivados na horta de manejo integrado do bistrô e pelo incentivo aos produtores locais, com a adoção de vinhos, queijos, azeites, entre outros produtos de qualidade da região. Uma seleção primorosa que valoriza a gastronomia local e que tem conquistado muitos clientes a ponto de já posicionar em menos de seis meses de portas abertas o restaurante entre os Top 10 de Campos do Jordão no prestigiado site TripAdvisor.

Sans Souci - Adeptos do slow food e do local food os próprios chefs colhem ingredientes frescos na horta orgânica ao lado da Maison Genève.

Sans Souci – Adeptos do slow food e do local food os próprios chefs, Thiago Fegies e Daniel Trefiglio, colhem ingredientes frescos na horta orgânica ao lado da Maison Genève.

Um verdadeiro achado

Pelas razões elencadas acima é que a Maison Genève conseguiu ultrapassar as fronteiras comerciais, sendo hoje muito mais que uma loja. A Maison Genève hoje é como uma linda casa de campo aberta para todos que visitam Campos do Jordão. Um ponto turístico importante da história da tradição da lã da cidade (no segundo andar funciona a fábrica da marca, totalmente com mão de obra local), que combinado com sua arquitetura e paisagismo únicos na cidade, suas malhas de alto padrão, a gastronomia excelente e um jeitão de casa de família, calma e acolhedora, conquista a todos e por isso vem sendo considerado pela maioria dos turistas um verdadeiro achado em Campos do Jordão. Um prestígio merecido e que vale muito a pena conferir.

Maison GenèveCampos do Jordão

***

Onde fica? Av. Januario Miraglia, 3260, Campos do Jordão.

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste

***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Padrão

3 comentários em “Maison Genève: A loja mais bonita da cidade

  1. Evanir Couto Saraiva disse:

    Adora as malhas sempre que vou a Campos do Jordao eu compro varias estivemos ai no dia 28 de julho 2016 Pena q nao vende pelo site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>