Maison Genève Blog
Compras, gastronomia, Passeios, Ponto Turístico

Maison Genève: A loja mais bonita da cidade

A tranquila Vila Jaguaribe em Campos do Jordão é cortada pela Avenida Januário Miraglia, principal via de acesso ao centro turístico de Campos do Jordão, e na altura do número 3260 os turistas são surpreendidos por um castelo todo coberto de flores. Trata-se do castelo da Maison Genève, a malharia mais tradicional de Campos do Jordão, e que atualmente abriga a loja mais bonita da cidade.

Maison Genève - Campos do Jordão

Maison Genève – Campos do Jordão

Fundada em 1973 a Maison Genève sempre encantou os clientes que visitavam suas lojas pela decoração acolhedora que faz com que a maioria das pessoas se sintam em casa. Uma ida à loja sempre foi considerada por muitas famílias como um programa familiar que agradava todos, até mesmo os pequenos. Que o diga o saudoso escorregador gigante da antiga loja da Vila Capivari que fazia a alegria das crianças enquanto os pais compravam, tomavam um café, ou folheavam jornais e revistas. E esse cenário de reunião de família nos últimos anos ganhou ainda mais força  com a abertura da loja da Vila Jaguaribe.

Maison Genève - Na loja nem as árvores passam frio.

Maison Genève – Na loja nem as árvores passam frio.

Estilo com algo a mais

A loja mais recente da Maison Genève nasceu em 2011 com o intuito de ser uma concept store da marca. Hoje, passados pouco mais de quatro anos, o prédio da loja nova se tornou um dos endereços mais fotografados de Campos do Jordão. Tanta atenção do público levou os donos da marca a fecharem a loja da Vila Capivari e concentrar toda a sua atenção na loja nova. A qualidade e o bom gosto da Genève, considerados um dos principais motivos da fama das malhas de Campos, por si só já era de se imaginar atrairiam visitantes ao local, mas essa qualidade e bom gosto nos últimos anos foi levada a outros patamares com a nova Maison Genève. O lugar mais do que uma loja se apresenta como um espaço de excelência em estilo que combina arquitetura, decoração, moda e gastronomia.

Uma das bicicletas coloridas da Maison Genève. Um símbolo da nova fase da marca.

Uma das bicicletas coloridas da Maison Genève. Um símbolo da nova fase da marca.

A vocação do espaço para “algo a mais” se deu desde a abertura. Cada cantinho da loja conta uma história e foi cuidadosamente decorado. Diante da Maison Genève cada ângulo revela algo. A fachada do prédio, com suas torres medievais impressiona e conquista pela lembrança de contos de fadas. Já as trepadeiras e flores compõem um bonito painel paisagístico natural que agasalha todo o prédio. E falando em agasalho, até as árvores em frente à Maison Genève são revestidas com belíssimos tecidos coloridos. Um colorido que também cobre todos os vasos de flores e as simpáticas bicicletas coloridas espalhadas em volta do prédio, um símbolo da loja, e alvos prediletos dos flashes de turistas e moradores.

Maison Genève -  Desde 1973, um marco da história das malharias de Campos do Jordão.

Maison Genève – Desde 1973, um marco da história das malharias de Campos do Jordão.

Do lado de dentro as vitrines são uma atração a parte, um trabalho de arte que coloca a Maison Genève em pé de igualdade com as vitrines mais bonitas do mundo. Já no interior da loja as peças das marca Genève dividem o espaço com objetos vintage que vão desde máquinas antigas de costura à malas, guarda-chuvas, máquinas registradoras, e até uma tábua de passar roupa. Tudo convive harmonicamente, combinando o sóbrio das roupas da marca com o espírito de leveza pregado pela mesma. O que dá espaço para brincadeiras de decoração que jogam o astral de quem visita a loja pra cima, como o parquinho infantil, o relógio em formato de cabeça de vaca, uma parede ilustrada com um poema de Fernando Pessoa e o Sans Souci, o espaço gastronômico da Maison Genève.

Maison Genève - Manequins de flor.

Maison Genève – Manequim de flor.

Sans Souci Café

Localizado nos fundos da Maison Genève, o Sans Souci (que em francês significa “sem preocupação”) foi idealizado pela chef Ornella Padovan, filha dos proprietários da Genève, que em 2011 aproveitou um espaço da nova Maison recém inaugurada para dar vazão a suas criações culinárias.

Sans Souci - Campos do Jordão

Sans Souci – Campos do Jordão

O Sans Souci é decorado com uma lousa no melhor estilo das brasseries francesas. A arte dos menus é pintada à mão, cafés e chás são servidos em xícaras de diferentes nacionalidades, pôsteres retrô cobrem uma parede, vasos de flores são revestidos com tricot colorido e os encostos e pés das cadeiras são decorados com retalhos da malharia. E o bacana é que foi a própria Ornella junto de sua mãe, Paula, que decorou tudo, reaproveitando as sobras da malharia para dar vida ao interior e à charmosa área externa.

Tamanho cuidado com os detalhes e a qualidade dos produtos e do serviço prestado resultou num ambiente despojado e encantador que combinado com a qualidade do café e dos doces exclusivos levou o Sans Souci a ser premiado como o melhor Café de Campos do Jordão pela revista Veja Comer & Beber, edição Vale & Montanha 2013 e 2014.

Sans Souci - Campos do Jordão

Sans Souci – Campos do Jordão

Sans Souci Bistrô

Em 2015 o Sans Souci ampliou seu espaço dentro da loja Maison Genève, com a implantação do Sans Souci Bistrô. E o restaurante que nasceu sob a mesma linha de trabalho iniciada pelo Café, vem encantando os clientes antes, durante e depois das refeições.

Sans Souci - Premiado pela Veja Comer & Beber e Top 10 no TripAdvisor.

Sans Souci – Premiado pela Veja Comer & Beber e Top 10 no TripAdvisor.

Fazendo jus ao nome da casa foi recrutado o chef Thiago Fegies, com passagem por grandes restaurantes como o EAU do Hotel Grand Hyatt SP, que trouxe a filosofia do movimento slow food para a cozinha do Sans Souci. Uma ideia que casou perfeitamente com o “sem preocupação” que dá nome ao restaurante e que pode ser notada pelo frescor dos legumes, verduras e hortaliças cultivados na horta de manejo integrado do bistrô e pelo incentivo aos produtores locais, com a adoção de vinhos, queijos, azeites, entre outros produtos de qualidade da região. Uma seleção primorosa que valoriza a gastronomia local e que tem conquistado muitos clientes a ponto de já posicionar em menos de seis meses de portas abertas o restaurante entre os Top 10 de Campos do Jordão no prestigiado site TripAdvisor.

Sans Souci - Adeptos do slow food e do local food os próprios chefs colhem ingredientes frescos na horta orgânica ao lado da Maison Genève.

Sans Souci – Adeptos do slow food e do local food os próprios chefs, Thiago Fegies e Daniel Trefiglio, colhem ingredientes frescos na horta orgânica ao lado da Maison Genève.

Um verdadeiro achado

Pelas razões elencadas acima é que a Maison Genève conseguiu ultrapassar as fronteiras comerciais, sendo hoje muito mais que uma loja. A Maison Genève hoje é como uma linda casa de campo aberta para todos que visitam Campos do Jordão. Um ponto turístico importante da história da tradição da lã da cidade (no segundo andar funciona a fábrica da marca, totalmente com mão de obra local), que combinado com sua arquitetura e paisagismo únicos na cidade, suas malhas de alto padrão, a gastronomia excelente e um jeitão de casa de família, calma e acolhedora, conquista a todos e por isso vem sendo considerado pela maioria dos turistas um verdadeiro achado em Campos do Jordão. Um prestígio merecido e que vale muito a pena conferir.

Maison GenèveCampos do Jordão

***

Onde fica? Av. Januario Miraglia, 3260, Campos do Jordão.

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste

***

Padrão
BLOG TRIP BG BLOG
Eventos, Passeios, Passeios & Compras, Ponto Turístico

#VEMPRACAMPOS: Blog Trip

Não, eles não são famosos e seus rostinhos não atraem uma multidão de fãs, mas seus textos e fotografias sobre viagens atraem, e juntos eles compartilham uma audiência de centenas de milhares de pessoas em seus blogs e redes sociais como facebook e instagram. Se você ainda não sabe de quem estamos falando, a gente abre o jogo e entrega, porque hoje o papo é sobre eles: os blogueiros de viagem. E eles estiveram em Campos do Jordão participando da 1ª Blog Trip do projeto #VEMPRACAMPOS, realizado pela Enfoc Eventos em parceria com o Campos do Jordão Convention & Visitors Bureau.

#VEMPRACAMPOS - 1ª Blog Trip Campos do Jordão.

#VEMPRACAMPOS – 1ª Campos do Jordão Blog Trip .

O #VEMPRACAMPOS trouxe para a 1ª Campos do Jordão Blog Trip os autores de 8 blogs indicados pela RBBV, a Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem. De 21 a 24 de maio os blogueiros cumpriram uma programação especial preparada pelo evento e também tiveram momentos livres para desbravar a cidade por conta própria.

#VEMPRACAMPOS - Os blogueiros desbravaram a cidade de 21 a 24 de maio.

#VEMPRACAMPOS – Os blogueiros desbravaram a cidade de 21 a 24 de maio.

#VEMPRACAMPOS - Confira a programação.

#VEMPRACAMPOS – Confira a programação.

Entre as atividades programadas os blogueiros fizeram de tudo um pouco. No dia 21 o jantar de abertura ficou por conta do Sans Souci Bistrô. Na ocasião, Rose Dantas, gerente executiva do Campos do Jordão Convention & Visitors Bureau, deu as boas vindas em nome da cidade e apresentou a programação oficial do evento. Em seguida à fala de Rose, falou  Mariana Claro, a organizadora do #VEMPRACAMPOS. Mariana explicou como os blogueiros foram selecionados e então apresentou o chef Thiago Fegies, responsável pelo elogiado menu servido na noite.

Nos dias seguintes os blogueiros aproveitaram diferentes atrações, visitaram vários pontos turísticos e fizeram roteiros gastrômicos, de ecoturismo, de turismo de aventura e de compras. Resumindo, puderam conferir o que de melhor a nossa natureza e clima privilegiado acompanhados dos nossos hotéis, pousadas, restaurantes e bares tem a oferecer. E quer saber, gostaram viu!!!! E a prova já pode ser conferida em textos de alguns blogs que participaram da viagem, e principalmente pelos instagram’s da turma, que bombaram de fotos de Campos do Jordão.

E segundo Mariana Claro, responsável pelo evento, a iniciativa tem tudo para ser repetida em breve com outros blogueiros. “Passamos por muitos locais de Campos do Jordão e o empresariado foi muito parceiro. Os nossos visitantes tiveram uma apresentação sobre a cidade, conheceram restaurantes e pontos turísticos e ainda tem muita coisa pela frente. Descobri que 48 horas é pouco para mostrar tudo que temos de legal em Campos.”, contou Mariana ao jornalista Ricardo Gonçalves, do blog parceiro, Guia Campos.

A relação dos blogs você encontra abaixo, e os respectivos instagram’s de cada blogueiro pode ser acessado na página inicial de cada blog.

De turista a viajante por Silmara Colombo

Viagem Criativa por André Mota e Dani Krugets

Da porta pra fora por Adriana Lima

Retrip por Antonio Romulo Jr

Só Viagem por Daniela Duarte e Camila Craveiro

Trilha Marupiara por Kellen Bittencourt

Trippolis por Daniela Polis

Viveajantes por Ricardo Serpierro

Blogs de Viagem

A audiência impressionante dos blogs de viagem é um fenômeno recente da internet. Com cada vez mais pessoas viajando, de repente a web foi tomada por gente apaixonada por viagens e para as quais contar apenas para família o quão encantador ou divertido é um país ou cidade, não era mais o bastante, pois queriam compartilhar com todo mundo. Assim surgiram os blogs de viagem, e hoje os mais prestigiados influenciam diretamente a escolha dos destinos turísticos de milhares de pessoas.

O André Motta, do blog Viagem Criativa, ficou feliz em conhecer a cerveja Campos do Jordão.

O André Motta, do blog Viagem Criativa, ficou feliz em conhecer a cerveja Campos do Jordão.

Destino em alta

O Boulevard Geneve parabeniza a iniciativa da Enfoc Eventos e do CJCVB em trazer os blogueiros para conhecer Campos do Jordão. E ao ver os resultados da visita se alegra muito em poder compartilhar com toda a cidade que o prestígio de ser um dos destinos mais buscados e bem avaliados da América do Sul não é à toa. Os blogueiros vieram, viram,  gostaram e já saíram contando para todo mundo.

Ótimo trabalho, pessoal!! Parabéns para todos os trabalhadores de Campos do Jordão e empresários que apoiaram o evento.

Vocês são demais, gente! ;D

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste_______________________________________________

assinatura BG

Padrão
mellos
Passeios, Ponto Turístico, Roteiro Família

Conheça o Vale dos Mellos em Campos do Jordão

“Acaba não mundão” talvez tenha sido isso o que pensou o lavrador mineiro José Joaquim de Mello na primeira metade do século XIX quando deixou a cidade mineira de Itajubá para morar com sua família num bonito vale em meio a serra da Mantiqueira a 50 quilômetros de distância de sua terra natal. Afinal, foi uma ótima troca. Mello havia encontrado um lugar de natureza intocada e exuberante, clima ameno e água em abundância. Uma terra boa para se plantar e boa para se viver. Um paraíso na serra. E é por essa descoberta que Mello dá nome a um dos destinos de turismo rural mais bonitos do Brasil, o Circuito Turístico dos Mellos, em Campos do Jordão.

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

É Campos do Jordão, mas podia ser Minas

O Bairro rural dos Mellos foi fundado antes mesmo da cidade de Campos do Jordão. Muito provavelmente quando o mineiro Mello se mudou para as terras que hoje carregam seu nome não imaginava estar em São Paulo. A época não era de convenções geográficas, e a comunidade que se formou nos anos seguintes no bonito vale descoberto por Mello foi composta, sobretudo, por mineiros. E os mineiros que para o bairro dos Melos vieram trouxeram consigo a riqueza da cultura da roça, com seus costumes e tradições. E é com isso que o turista que vem a Campos do Jordão se depara ao visitar o Bairro dos Mellos: um pedacinho de Minas em meio a badalada cidade serrana.

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Vai diminuindo a cidade… Vai aumentando a simpatia… Quanto menor a casinha…  Mais sincero o bom dia.

Pato Fu em Simplicidade

No bairro dos Mellos o turista é transportado para um clima de pasmaceira, tranquilidade e gentileza. Cerca de 60 famílias vivem no local e a maior parte das pessoas sobrevive da roça e de serviços prestados para empreendimentos turísticos e sociais do bairro.

A simpática igrejinha do Bairro dos Mellos.

A simpática igrejinha do Bairro dos Mellos.

Os "Mellos" em dia de festa.

Os “Mellos” em dia de festa.

Escolas inovadoras, gastronomia de roça e um hotel símbolo do pós luxo

Atualmente a natureza do vale dos Mellos convive em harmonia com diversos empreendimentos. Em comum todos compactuam pela sustentabilidade, na busca de causar o menor impacto possível ao meio ambiente e à maneira de viver das famílias da região.

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bairro dos Mellos, Campos do Jordão-SP

Bem no coração do Vale dos Mellos encontra-se a Fundação Raulston Semler. A fundação mantém no bairro a sede da administração de um projeto inovador em educação, as escolas Lumiar (localizadas no bairro do Lajeado, da cidade vizinha Santo Antônio do Pinhal), e também promove regularmente cursos gratuitos de capacitação profissional e ambiental para a população local.

Hotel Botanique, Campos do Jordão-SP

Hotel Botanique, Campos do Jordão-SP

Onde ficar? Na área da hotelaria existem diversas opções de pousadas e sítios por todo o vale. E desde 2012 o bairro dos Mellos abriga o Hotel Botanique. Um ícone do chamado pós-luxo e um dos hotéis mais caros do Brasil.

Gastronomia de roça - Fachada do restaurante Empório dos Mellos.

Gastronomia de roça – Fachada do restaurante Empório dos Mellos.

Deu fome? A culinária caipira do bairro está bem representada pelo Empório dos Mellos, um restaurante que reinventa pratos típicos caipiras, praticando o que eles chamam carinhosamente de gastronomia de roça. Já para os paladares mais sofisticados existe o Restaurante Mina, que só trabalha com ingredientes naturais e 100% brasileiros, direto das florestas e campos para a mesa. E tem mais. O tradicional alfajor Das Senhoritas também é “made in Mellos”, onde a comunidade de mulheres cafh que produz os chocolates está baseada. E o mel Api-Levy, o melhor da Serra da Mantiqueira e um dos melhores do Brasil, também é produzido por lá (O apiário Api-Levy é aberto a visitações e o mel é vendido apenas na loja conceito da marca localizada dentro do sítio que abriga o apiário).

Área externa do restaurante Mina

Área externa do restaurante Mina

Despedida de ouro

Mellos - Sorvetes Eisland

Fazenda Eisland – Gelatos Premium

Agora, pra terminar nosso passeio aos Mellos, como dizem os locais, nada como uma visita à fazenda Eisland. Localizada na antiga Estrada dos Mellos, geograficamente a fazenda pertence a Santo Antônio do Pinhal, mas regionalmente ela também é um “Mello”, tamanha a proximidade com o bairro. É na fazenda Eisland que o turista pode terminar a tarde provando o melhor sorvete artesanal da serra, um gelato premium tipo italiano (produzido com geleias caseiras e creme de leite das vacas Jersey da própria fazenda).

Mellos - Sorvetes Eisland

Fazenda Eisland – Gelatos Premium

Assim fechamos com chave de ouro nossa visita ao vale dos Mellos, um lugar tão especial que depois de visitado uma vez vai te fazer ir embora pensando em voltar sempre para esse pedacinho de Minas em Campos do Jordão.

Turismo rural - Vista do empório dos Mellos.

Turismo rural – Vista do empório dos Mellos.

Epílogo rural

Campos do Jordão pertence ao estado de São Paulo, mas por muito pouco, um “tirim”, como dizem os mineiros não fica em Minas. A cidade fica a poucos quilômetros do sul de Minas Gerais e o dna mineiro está no sangue de grande parte da população. Talvez isso explique a hospitalidade e simpatia do povo jordanense, algo que levou a cidade ao ranking das dez cidades sul-americanas mais bem avaliadas e procuradas no site Tripadvisor, hoje a maior referência em destinos turísticos na internet.

***

Como chegar:

O pessoal do Empório dos Mellos bolou um mapa para ajudar os turistas a chegar no bairro.

O pessoal do Empório dos Mellos bolou um mapa para ajudar os turistas a chegar no bairro.

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
auditorio blog
Cultura, Ponto Turístico

Auditório Cláudio Santoro: O Grande Palco de Campos do Jordão

Campos do Jordão pertence a uma seleta lista de municípios brasileiros considerados pelo Ministério do Turismo como destinos estratégicos para a promoção do turismo internacional no Brasil. Isso porque a cidade atrai muitos turistas estrangeiros principalmente pelo Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o maior evento de música erudita da América Latina. E o Auditório Cláudio Santoro é o grande palco onde acontece o festival.

Grandes nomes da música erudita internacional já passaram pelo palco do Auditório Cláudio Santoro como o maestro alemão Kurt Masur, a soprano neozelandesa Dame Kiri te Kanawa, os pianistas Nelson Freire, Cristina Ortiz e Arnaldo Cohen, os oboístas Albrecht Mayee Alex Klein, os violoncelistas Antonio Meneses e Marc Coppey, e os violinistas Gilles Apap e Dmitri Berlinski, entre tantos outros. E o Auditório a cada ano vem recebendo ainda mais artistas de outras áreas culturais. Grandes espetáculos de dança, teatro e música popular têm sido uma constante, o que vem consolidando o Auditório como o principal reduto cultural de Campos do Jordão.

auditorio Claáudio Santoro

O Auditório Cláudio Santoro tem capacidade para receber 814 espectadores. Sua arquitetura moderna mistura elementos rústicos com grandes paredes de vidro que valorizam a luz natural e a paisagem do entorno. E o entorno também dá espetáculo. A área externa do Auditório é ocupada pelo Museu Felícia Leirner, uma grande área verde na qual ficam expostas ao ar livre obras da renomada escultora que dá nome ao museu.

Não bastasse ter um dos palcos mais bonitos do Brasil, o pôr do sol visto do Auditório Cláudio Santoro ainda é assim.

Não bastasse ter um dos palcos mais bonitos do Brasil, o pôr do sol visto do Auditório Cláudio Santoro ainda é assim.

Localizado na região do Alto da Boa Vista, uma das regiões mais bonitas de Campos do Jordão, o Auditório Cláudio Santoro atualmente é um espaço multicultural e multiuso, com vocação para grandes eventos culturais e corporativos. Uma excelente opção para convenções e palestras, e endereço obrigatório para quem aprecia cultura e está visitando Campos do Jordão.

***

Mais informações: Site do auditório

Saiba como foi a edição de 2014 do Festival de Inverno de Campos do Jordão, clicando aqui e aqui.

***

OFERECIMENTO

boulevardgerneve teste

_______________________________________________

assinatura BG

Padrão
lélio BG 30 anos blog 2
Boulevard Geneve 30 Anos, História, Ponto Turístico

Fundador do Boulevard Geneve narra a história da obra em mini documentário

Um mini documentário (confira trechos durante o texto) vai contar a história do Boulevard Geneve, o badalado complexo de lojas de rua de Campos do Jordão, famoso pela arquitetura européia. O vídeo apresenta imagens históricas da construção do prédio e uma entrevista com o fundador e idealizador da obra, o empresário Lélio Gomes. O lançamento do mini documentário está marcado para esta sexta-feira, dia 20 de fevereiro, e o filme será disponibilizado gratuitamente no Youtube.

O empresário Lélio Gomes, fundador do Boulevard Geneve.

O empresário Lélio Gomes, fundador do Boulevard Geneve.

O Boulevard Geneve acaba de completar 30 anos de história. E os trinta anos do prédio mais famoso de Campos do Jordão serão amplamente festejados durante todo o ano de 2015. Tanto que uma programação cultural diversificada está sendo planejada e será divulgada na segunda quinzena de março para o lançamento oficial das comemorações que está previsto para a Páscoa.  As atrações culturais darão continuidade às ações iniciadas em 2014.

Os trabalhos em comemoração aos 30 Anos do Boulevard Geneve começaram na última temporada de inverno, com o lançamento oficial do blog e das redes sociais da marca Boulevard Geneve. Os canais de comunicação do Boulevard apresentam e trazem sempre o melhor de Campos do Jordão, com reviews que vão além das fichas técnicas comuns dos guias de turismo, sempre tentando surpreender e encantar o leitor com um olhar novo e textos de qualidade sobre os nossos melhores produtos, programas culturais e roteiros turísticos. O foco e o compromisso das publicações é com os admiradores de Campos do Jordão. Independente de serem turistas ou moradores, o objetivo é colaborar para que essas pessoas que amam Campos do Jordão, assim como nós do Boulevard amamos, aproveitem a cidade ao máximo.

Boulevard Geneve: Um marco histórico de Campos do Jordão.

Confira trechos do mini-documentário acima, nos players do Youtube que ilustram o texto.

***

bônus: Está curioso para conhecer a história do Boulevard e não quer esperar pelo mini-documentário?  Sorte sua, pensamos em você. Preparamos uma reportagem com a história do Boulevard Geneve, para ler basta clicar aqui. Boa leitura!

facebookwww.facebook.com/boulevardgeneve

blog: www.boulevardgeneve.com.br/blog

instagram: @boulevardgeneve

***

OFERECIMENTO

_______________________________________________

Padrão
portal blog 1 de janeiro
Arquitetura, Passeios, Ponto Turístico

O Portal de Campos do Jordão

A rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP 123) é a principal estrada de acesso à Campos do Jordão. E os turistas e moradores que deixam ou chegam à cidade por ela sempre são recebidos pelo Portal, um simpático prédio construído em estilo alpino. O Portal é o símbolo da hospitalidade da cidade e como todo bom concierge  responde pelas boas vindas  aos turistas.

Portal de Campos do Jordão

Portal de Campos do Jordão

O Portal é um centro de recepção para os visitantes da cidade. Recentemente reformado o prédio conta com banheiros adaptados para deficientes físicos, fraldário e um eficiente centro de atendimento ao turista com informações sobre hotéis, restaurantes, compras, atrações turísticas e centros de eventos de Campos do Jordão. O espaço do Portal também faz a vez de espaço cultural, sendo utilizado regularmente para abrigar exposições.

campos-1

Portal de Campos do Jordão

Mas o que faz do Portal um símbolo de Campos do Jordão e um dos cartões postais mais fotografados da cidade é a arquitetura do local. A construção do prédio impressiona pela beleza . Uma releitura moderna dos tradicionais chalés suíços, com dois chalés de dois pavimentos cada e beirais todo ornamentados. Já o telhado, diferente das construções suíças não chega até o chão, mas mantém uma inclinação tradicional de 75%.

***

 OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
teaser blog
História, Ponto Turístico

A História do Boulevard Geneve será contada em vídeo

O Boulevard Geneve está prestes a completar 30 anos de história. E os trinta anos do prédio mais famoso de Campos do Jordão serão amplamente festejados durante todo o ano de 2015. Tanto que uma programação cultural diversificada está sendo planejada e será divulgada no primeiro semestre do ano que vem. As atrações culturais darão continuidade às ações iniciadas em 2014.

Os trabalhos em comemoração aos 30 Anos do Boulevard Geneve começaram na última temporada de inverno, com o lançamento oficial do blog e das redes sociais da marca Boulevard Geneve. Os canais de comunicação do Boulevard apresentam e trazem sempre o melhor de Campos do Jordão, com dicas culturais e gastronômicas, bem como reviews que vão além das fichas técnicas comuns dos guias de turismo, sempre tentando surpreender e encantar o leitor com um olhar novo e textos de qualidade sobre os nossos melhores produtos, programas culturais e roteiros turísticos. O foco e o compromisso das publicações é com os admiradores de Campos do Jordão. Independente de serem turistas ou moradores, nosso objetivo é colaborar para que essas pessoas que amam Campos do Jordão, assim como nós do Boulevard amamos, aproveitem a cidade ao máximo.

E uma outra ação ligada aos nossos canais de comunicação é um mini-documentário que ainda está sendo gravado e no qual o empresário Lélio Gomes, fundador do Boulevard Geneve, narra a história da fundação do nosso complexo de lojas, famoso pelo estilo arquitetônico e pelo cuidado paisagístico. Um prédio considerado por muitos como o “O Lugar Mais Charmoso de Campos do Jordão“.

Confira trechos do mini-documentário acima, nos players do Youtube que ilustram o texto.

***

bônus: Está curioso para conhecer a história do Boulevard e não quer esperar pelo mini-documentário?  Sorte sua, pensamos em você. Preparamos uma reportagem com a história do Boulevard Geneve, para ler basta clicar aqui. Boa leitura!

facebookwww.facebook.com/boulevard.geneve

blog: www.boulevardgeneve.com.br/blog

***

OFERECIMENTO

_______________________________________________

Padrão
pico do itapeva
Fotografia, Natureza, Ponto Turístico, Roteiros de Aventura

Nas Alturas: Pico do Itapeva, Pico do Imbiri e Pico do Diamante

O nascer e o pôr do sol de Campos do Jordão são reverenciados por turistas e moradores. Em diferentes lugares da cidade se pode apreciar verdadeiros espetáculos de amanhecer e anoitecer. Obviamente os pontos mais altos da cidade garantem vistas impressionantes, por isso apresentamos para os leitores do blog os três cumes mais altos de Campos. Conheça os picos do Itapeva, do Imbiri e do Diamante, e suas paisagens de tirar o fôlego.

Vista do Pico do Itapeva.  Foto: Wikipedia

Vista do Pico do ItapevaFoto: Wikipedia

PICO DO ITAPEVA

Enquanto a maioria das pessoas dormem,  poucos quilômetros do centrinho da vila Capçivari, em Campos do Jordão, a Serra da Mantiqueira realiza o seu maior espetáculo.

Pico do Itapeva – Enquanto a maioria das pessoas ainda está dormindo, a poucos quilômetros do centrinho da vila Capivari, em Campos do Jordão, a Serra da Mantiqueira realiza o seu maior espetáculo. Foto: Wanderluster

Apesar de estar geograficamente situado no município de Pindamonhangaba, o Pico do Itapeva é, na prática, uma atração de Campos do Jordão. A estradinha que leva até o Pico é asfaltada. Ela começa na Av. Sen. Roberto C. Simonen, na vila Capivari, passa pela Ducha de Prata, depois pelo lago da Vila Inglesa, posteriormente pelo belíssimo lago do Itapeva, terminando por fim, no mirante.

Itapeva quer dizer pedra chata. O pico, que é o quinto mais alto do Brasil e tem 2.035 m de altitude, fica a 14 km do Centro de Capivari.

A Serra da Mantiqueira em primeiro plano com cidades do Vale do Paraíba ao fundo, no horizonte. Foto: W. Pereira

Pico do Itapeva – A Serra da Mantiqueira em primeiro plano com cidades do Vale do Paraíba ao fundo, no horizonte.Foto: W. Pereira

Pico do Itapeva Foto: Wanderluster

Pico do Itapeva Foto: Wanderlust

Pico do ItapevaFoto: Wanderluster

Mar de nuvens - O Pico do Itapeva mesmo em dias nublados merece uma visita. Foto: Raquel Amaral

Mar de nuvens – O Pico do Itapeva mesmo em dias nublados merece uma visita.Foto: Raquel Amaral

Pico do Itapeva Foto: Ruy Barbosa Pinto

Pico do ItapevaFoto: Ruy Barbosa Pinto

Brinde - O caminho para o Pico do Itapeva reserva uma grata surpresa, um lago a 1800  metros de altitude. Foto: Marcos Comune

Brinde – O caminho para o Pico do Itapeva reserva uma grata surpresa, um lago a 1800 metros de altitude.Foto: Marcos Comune

Lago do Pico do Itapeva Foto: Fernando Ted

Lago do Pico do ItapevaFoto: Fernando Ted

PICO DO IMBIRI

O ponto culminante de Campos do Jordão, em termos geográficos, é um pico localizado dentro do Horto Florestal, mas como é de difícil acesso (não conta com trilha), por estar dentro da reserva do Parque Estadual, sequer nome o pico de 2003 metros tem. Assim o Pico do Imbiri é uma espécie de maior pico de altitude interino. Mesmo estando a 1862 metros de altitude, menos que o Pico do Itapeva, o Pico do Diamante (1870 m de altitude, mas também de difícil acesso) e o Pico sem nome do parque estadual, turisticamente o Pico do Imbiri é considerado o ponto culminante de Campos do Jordão.

Pico do Imbiri Foto: Luciano Correa

Pico do ImbiriFoto: Luciano Correa

Pico do Imbiri - Vista para o sul de MG. Foto: Guilherme Lipe

Pico do Imbiri – Vista para o sul de MG.Foto: Guilherme Lipe

Pico do Imbiri Foto: Desconhecido

Pico do ImbiriFoto: Desconhecido

Pico do Imbiri Foto: Marcos Paulo

Pico do ImbiriFoto: Marcos Paulo

Pico do Imbiri Foto: Desconhecido

Pico do ImbiriFoto: Desconhecido

Pico do Imbiri Foto: Rosa dos Ventos

Pico do Imbiri – Vista para a Pedra do BaúFoto: Rosa dos Ventos

Pico do Imbiri - Vista para a Vila Capivari Foto: Nani Giardini

Pico do Imbiri – Vista para a Vila CapivariFoto: Nani Giardini

Pico do Imbiri Não deixe de visitar!

Pico do ImbiriNão deixe de visitar!

PICO DO DIAMANTE

Pico do Diamante Foto: Márcio Prado

Pico do DiamanteFoto: Márcio Prado

Localizado a 1870 metros de altitude o Pico do Diamante tem vista para lindas paisagens da Serra da Mantiqueira e todo o Vale do Paraíba. O acesso de carro para a trilha que leva até o local fica próximo ao Hotel Toriba (acessível através da segunda rotatória da avenida principal, para quem está entrando na cidade). Em frente ao hotel se inicia uma estrada de terra, à esquerda que leva ao topo do Pico. Mas a etapa final deve ser vencida a pé pela mata. Por isso é aconselhável a contratação de guia porque a trilha é difícil.

Pico do Diamante Foto: Augusto de Carvalho

Pico do DiamanteFoto: Augusto de Carvalho

Cachoeira vista do Pico do Diamante Foto: Márcio Prado

Cachoeira vista do Pico do DiamanteFoto: Márcio Prado

Pico do Diamante Foto: Trilhas e Trips

Pico do DiamanteFoto: Trilhas e Trips

Pico do Diamante Foto: Marcos Kaddoum

Pico do DiamanteFoto: Marcos Kaddoum

Pico do Diamante

Pico do DiamanteMais um lugar incrível de Campos do Jordão.

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Padrão
Comer & Beber, Passeios & Compras, Ponto Turístico

A Fábrica da Baden Baden

A Baden Baden é a primeira cerveja gourmet do país.

Pioneira – A Baden Baden é a primeira cerveja gourmet do país.

Campos do Jordão é a terra da Baden Baden. A cerveja é considerada por muitos mestres cervejeiros brasileiros como a melhor cerveja artesanal produzida no país. Logo, ir a Campos do Jordão e não visitar a casa da primeira cerveja gourmet do país é uma falta que nenhum turista deve cometer.

Cerveja feita à mão - A Fábrica da Baden Baden se mantém fiel ao processo artesanal.

Cerveja feita à mão – A Fábrica Baden Baden se mantém fiel ao processo artesanal.

No tour Baden Baden (deve ser agendado previamente, ver box no final do post) o visitante conhece todo o processo artesanal de produção da cerveja, assiste uma breve aula sobre tipos de cerveja, recebe dicas de harmonização e ainda saboreia alguns chopes.

Ingredientes - Malte claro, Malte escuro e Lúpulo. Some a eles a água pura de Campos do Jordão e um mestre cervejeiro competente   e o resultado os admiradores da Baden Baden já conhecem: Sucesso.

Ingredientes – Malte claro, Malte escuro e Lúpulo. Some a eles a água pura de Campos do Jordão e um mestre cervejeiro competente e o resultado os admiradores da Baden Baden já conhecem: Sucesso!

O passeio pela cervejaria não é arrastado, costuma durar 30 minutos. Ao final os visitantes são encaminhados para uma brand store onde são presenteados com dois chopes de cortesia e um copo com a logomarca Baden Baden. A loja também vende malhas, camisas, bonés, chaveiros e moletons estilizados com a marca Baden Baden. Produtos de qualidade, ótimos para levar de lembrança de Campos do Jordão.

Salute! - A diferença entre a cerveja e o chope Baden Baden é que no final do processo de produção a cerveja é pasteurizada e o chope não. Como o chope é fresco, porque não passa pelo processo de pasteurização (Choque térmico), tem menor validade de duração.

Salut! – A diferença entre a cerveja e o chope Baden Baden é que no final do processo de produção(idêntico para ambos) a cerveja é pasteurizada e o chope não. Como o chope é fresco, porque não passa pelo processo de pasteurização , tem menor validade de duração.

Ainda na lojinha Baden Baden, vale a pena conferir o preço das cervejas, que na baixa temporada costumam ser bem mais baratas comparando com os preços praticados em supermercados e restaurantes.  Além disso, edições especiais, difíceis de encontrar nas grandes capitais, sempre estão no mix de produtos da brand store. Que ainda conta com os kits que contemplam de uma cerveja(vem com uma taça) a quatro garrafas de rótulos diferentes. Sempre uma boa pedida para presentear amigos e familiares.

WOW!!! é o que seu pai diria se ganhasse um desses de presente.

WOW!!!  é o que seu pai diria se ganhasse um desses de presente. #diadospais #ficaadica

Antes de ir embora o visitante ainda pode explorar o quintal da fábrica. Nele estão dispostos um caramanchão e uma escultura de barris em madeira que rendem boas fotos. Visitantes mais sortudos também podem se deparar com o simpático caminhão de abastecimento da Baden Baden, que também rende um registro fotográfico bacana.

Altos clicks - Foto do blog Levo na Mochila.

Altos clicks – O caramanchão na primavera bomba de flores. Foto por Levo na Mochila.

Totem cervejeiro - Foto do blog Levo na Mochila.

Totem cervejeiro – Foto do blog Levo na Mochila.

***

SERVIÇO

Agendamento: (12) 3664-2004
Endereço: Av. Matheus Costa Pinto, 1653 Vila Santa Cruz.
Horário: Visitas diárias das 10h às 17h, em intervalos de uma hora.
Valor: R$ 15,00 por pessoa*
Mais informações: www.badenbaden.com.br
*Menores de 18 anos não pagam, não podem degustar a cerveja e devem estar acompanhados dos responsáveis.
Foto da capa: Cris Campanella
Mapa Baden Baden - Clique para ampliar.

Mapa Baden Baden – Clique para ampliar.

***

OFERECIMENTO

______________________________________________

assinatura BG

Padrão
Ponto Turístico, Roteiro Família

Complexo Turístico da Ducha de Prata

Ducha de Prata

Em meio aos bosques da Vila Inglesa, em Campos do Jordão, encontra-se a Ducha de Prata, um dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

O complexo turístico da Ducha de Prata fica a um quilômetro do centrinho turístico da Vila Capivari.

O complexo turístico da Ducha de Prata fica a um quilômetro do centrinho turístico da Vila Capivari.

O complexo turístico do local foi estruturado a partir dos anos 80 para atender os turistas que visitam Campos do Jordão. Desde então as quedas d’água do Ribeirão das Perdizes ganharam ao seu redor passarelas e mais tubos e canaletas d’água. De quebra ganharam também um novo nome, Ducha de Prata.

A Ducha de Prata é um conjunto de quedas d’água do Ribeirão das Perdizes.

Antes do boom turístico dos anos 80, as quedas d’água serviam de balneário para a elite paulistana que vinha passar os verões em Campos do Jordão. Hóspedes da afamada Pensão Inglesa, que hospedava a nata brasileira, e membros de famílias tradicionais que tinham casa na cidade, como os Simonsen, costumavam passar as tardes no local. E um resquício da época ainda sobrevive, um tablado com uma queda d’água artificial faz a vez de chuveiro há 50 anos. Um banho gelado, mas super saudável.

Gelaaada! - Mas no verão dá para arriscar.

Gelaaada! – A água é congelante, mas no verão dá para arriscar.

Hoje, no entanto, a beleza do local atende a todas as pessoas. As passarelas armadas por toda a área verde e sobre as quedas d’água permitem que os visitantes se movimentem por todos os lados, o que garante ótimos ângulos e luzes para fotografias em diferentes horários do dia.

Na ducha de prata o turista encontra  barraquinhas com produtos artesanais e souvenirs, para lembrar-se de sua visita à Campos do Jordão.

Na Ducha de Prata o turista encontra barraquinhas com produtos artesanais e souvenirs para lembrar-se de sua visita à Campos do Jordão. O local é uma importante vila de artesanato da cidade.

Além das quedas d’águas, a Ducha de Prata apresenta outras atrações. O complexo conta com várias lojinhas que vendem produtos artesanais como chocolates, queijos, geleias, licor e doces, bem como malhas, souvenirs e artesanato local. Outras atrações do lugar são o arborismo, realizado próximo das copas das araucárias, e os bonecos de personagens infantis cujos rostos vazados permitem fotos divertidas para serem levadas de lembrança do passeio.

Arborismo no bosque da Ducha de Prata. Foto por Raíssa Forte.

Arborismo no bosque da Ducha de Prata.

Uma cooperativa de lojistas e artesãos é responsável por zelar pela sustentabilidade e natureza da Ducha de Prata. Volta e meia a cooperativa também recebe ajuda do grupo de escoteiros Oyaguara de Campos do Jordão com ações de limpeza e conscientização sobre a natureza do local.

Entardecer na Ducha de Prata. Foto por Paulo de Souza.

Entardecer na Ducha de Prata. Foto por Paulo de Souza.

A visita ao complexo turístico Ducha de Prata além de render boas fotos e um banho gelado para os mais corajosos, também contribui para a preservação da natureza do local e sustento de famílias da cidade que sobrevivem graças a atividade turística do lugar. Na Ducha de Prata o turista se diverte e ainda colabora com uma boa causa.

Um por todos. Todos por um - Recentemente a cooperativa pintou todo o complexo de verde e amarelo. Ficou muito bonito. Venha conferir!

Um por todos. Todos por um – Recentemente a cooperativa pintou todo o complexo de verde e amarelo. Ficou muito bonito. Vale a pena conferir!

***

Endereço: Av.Roberto Simonsen, s/n – Vila Capivari

Entrada Franca

***

OFERECIMENTO

Logo BG 30 Anos

***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Padrão